Você só pode fugir se for comigo

Você só pode fugir se for comigo

Olá, meus unicórnios, tudo bom?

  Hoje nós damos adeus aos reviews do dorama Where Your Eyes Linger. Apesar da série mal ter terminado, já deixou a nação Blzeira morrendo de saudades. Prontos?

Episódio 7: Reconciliação

Kang Gook estava voltando para casa crente que iria encontrar Han Tae Joo e iriam fazer as pazes, como sempre. Mas não foi o que aconteceu. Além de Tae Joo não estar em casa, tudo estava bagunçado. Ele ligou para seu chefe e saiu a sua procura na localização que o GPS apontava. Nada. O celular havia sido jogado fora.

Porém, Kim Pil Hyun sabia onde Tae Joo estava. Quando Gook foi até onde ele havia pedido, admitiu que contou ao seu pai que tinha visto Gook e Tae Joo se beijarem no colégio, mas só tinha feito isso, para seu pai não ser demitido, então precisava vigiar eles. Isso o deixou aliviado, mas não durou muito tempo, porque logo em seguida Pil Hyun disse que Tae Joo iria para a Inglaterra.

Não importava mais nada, Kang Gook iria até a casa do presidente (pai de Tae Joo), mesmo que ele não soubesse exatamente o quê fazer quando chegasse lá, ia lutar com todas as forças pela pessoa que amava.

Enquanto isso, o presidente estava irritado, apesar de não aparentar fisicamente isso. Tae Joo pediu que ele não fizesse mal a ele, pois a culpa era toda sua, apenas ele nutria sentimentos e amava Gook, segundo ele, não era algo recíproco. Um dos seguranças avisou que Kang Gook estava na residência dele.

Quando se viu na situação de estar prestes a perder Tae Joo, Kang Gook entendeu seus sentimentos por ele. Não interessava quantos guardas teria que enfrentar, ele queria poder ter pelo menos, algumas horas com Tae Joo. Ele sabia que era considerado a sombra de alguém, mas também não queria perder essa pessoa, isso é o que considera amor e isso significa abrir mão da razão.

Episódio 8: Porque eu gosto de você

O presidente não insultou Kang Gook, mas queria saber o motivo dele ter ido até lá por conta própria, resumindo, sem ser chamado. Porém, Gook não queria brigar, considerando que ele tinha mais poder, entretanto, queria cinco minutos com Tae Joo. Percebendo que Gook não desistiria, o presidente fez sinal ao segurança para que batesse nele, e assim ele o fez. Até Tae Joo ceder e dizer que irá para a Inglaterra, se esforçará nos estudos para passar na faculdade e, para que seu pai acreditasse mesmo que ele tentaria e teria sucesso, prometeu que viajaria no dia seguinte. No entanto, queria algo em troca: voltar para casa com Gook, mesmo que fosse só por um dia e voltaria depois.

Tae Joo estava limpando as feridas de Kang Gook, mas ainda estava frustrado com tudo e irritado com Kim Pil Hyun, o relógio parecia estar contra eles também, já que as horas passavam rápido e era tudo que ele menos queria, porquê sua vontade era ficar, em vez de, ter que ir para a Inglaterra. Ouvindo tudo atentamente, Gook o pegou pela mão e foi guiando até o quarto, onde ficaram abraçados enquanto ele finalmente se declarava. Ao que Tae Joo pergunta, que tipo de declaração era aquela, feita para uma pessoa que está prestes a viajar. Então, Tae diz que ele deveria ter aceitado quando quis o beijar, fazendo Gook o puxar para bem perto, mas por conta dos lábios sangrando, não o beijou.

Gook perguntou se o veria de novo e Tae Joo o assegurou que voltaria, mesmo com Gook dizendo que ele não deveria voltar e sim seguir seus sonhos, mas Tae Joo diz que seu sonho é ser feliz e isso só aconteceria se estivesse com ele. Chegando a hora de se despedir, ambos não conseguiam falar nada, apenas sentir.

3 anos haviam se passado e Tae Joo não tinha voltado, então Kang Gook decidiu viajar para o Japão, na intenção de esquecê-lo. Mas antes, se despediu da Hye Mi, sua mãe e, de bônus, Kim Pil Hyun, pois ele está tentando flertar com ela. Ele estava emotivo com Gook, porém, não tanto quanto a mãe de Hye Mi. Pil Hyun ligou para Tae Joo contando que Gook estava indo para o Japão, mas não teve resposta.

Antes de viajar, Gook parou para apreciar a paisagem, quando escuta uma voz ao seu lado, ele a reconheceria em qualquer lugar, dizendo que ele havia desligado a localização. A cada frase de Tae Joo, Gook permanecia imóvel e só respondeu quando Tae perguntou o motivo dele estar fugindo e que ele deveria fazer isso com ele, porque esse era o desejo de ambos, então repetiu o mesmo gesto que sempre fazia, que também era o ponto fraco de Gook: mexeu em suas orelhas. E dessa vez, ele não hesitou e puxou Tae Joo para um beijo (E A IGREJA DIZ AMÉM).

Bom, meus amores, por hoje é só, espero que tenham gostado e não esqueçam de seguir a BLB em todas as redes sociais pra ficar por dentro das novidades. Beijos.

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja