Troye Sivan e seus 1001 talentos – lenda que fala?

Troye Sivan e seus 1001 talentos – lenda que fala?

Hello, guys! Como estão?

Então, eu sempre trago muito do kpop e tal, mas hoje eu quero trazer uma figura diferente para vocês. Tenho quase certeza que já ouviram alguma música dele e podem nem saber muito sobre ele, todavia, eu preciso te dizer: ELE É INCRÍVEL!

Troye Sivan GIF - Find & Share on GIPHY

Troye Sivan Mellet, mais conhecido apenas por Troye Sivan, é cantor, compositor, ator e youtuber. Nascido em 05 de junho de 1995 (sou mais velha que ele :x) em Joanesburgo, uma cidade na África do Sul. Aos dois anos de idade, sua família se mudou para a Austrália por causa do alto índice de violência no país.

Criado como membro de família judaica, Troye até mesmo estudou em uma instituição privada de Judaísmo ortodoxo moderno e sionista, onde ficou até 2009, quando passou a estudar à distância. No ano seguinte, mais precisamente no dia 7 de agosto de 2010, Troye conversou com a família e expôs para eles que é gay. Exatamente três anos depois, divulgou através de seu canal para todos os fãs sobre o mesmo assunto.

Carreira

Em 2006, se apresentou em um dueto com o vencedor do Australian Idol, Guy Sebastian, no Teleton do canal Television Western Australia, onde participou novamente em 2007 e 2008, com seu primeiro álbum, Dare to Dream (2008).

Em 2013, quando Troye lançou The Fault In Our Stars, música autoral inspirada no livro do mesmo nome, o gerente de Artistas e Repertório da produtora EMI ouviu e não pensou duas vezes antes de viajar até a cidade de Perth, local em que Troye morava na época, e oferecer um contrato que foi assinado em 05 de junho, porém permaneceu em profundo sigilo por um ano.

Durante esse tempo de sigilo, a produtora iniciou um projeto para que Troye entrasse em contato com diferentes produtores e compositores para ajudar em sua própria percepção artística, uma vez que o mesmo já tinha uma visão muito forte de si mesmo. A primeira divulgação foi em 15 de agosto de 2014 com um vídeo anunciando o extended play, TRXYE (se lê letra por letra em inglês). Contudo, o álbum só foi lançado em 25 de julho e apesar de ter sido divulgado que no processo foram escritas mais de quarenta músicas para o EP, apenas 4 entraram e uma faixa bônus foi incluída, The Fault In Our Stars.

A faixa título do EP foi caracterizada como um pop indie com concepção melancólica, abordando temas pouco convencionais como cocaína e antidepressivos.

 A música ficou em 1º lugar no iTunes em 66 países, alcançou a quinta posição na Billiboard 200 da semana seguinte, levando o artista a chegar entre os TOP 10. O EP foi certificado como disco de ouro por exceder as 35 mil unidades de vendas pela Australian Recording Industry Association.Podemos dizer que o começo de Troye foi tanto brilhante como ele mesmo é.

Passado um pouco mais de um ano, um segundo EP foi lançado, WILD, por uma trilogia de vídeos musicais chamado de Blue Neighbourhood, entre setembro e dezembro de 2015, esse trabalho veio produzido por uma grande gravadora. Com isso, finalmente, Troye Sivan teve seu álbum de estreia, intitulado como Blue Neighbourhood e foi lançado em 4 de dezembro de 2015.

O setlist contou com dez faixas e mais uma bônus: uma versão remix de Wild e ainda conta com um feat de Alessia Cara. Com o objetivo de divulgação do EP e do álbum, três turnês foram organizadas entre 2015 e 2016, passando pela América do Norte, Ásia e Europa.

Seu próximo trabalho foi um feat com Martin Garrix com “There for You”, depois o cantor se empenhou em produzir um segundo álbum de estúdio. No entanto,  2018 chegou e um single foi lançado, My My My!, que chegou a ficar em quarto lugar no iTunes mundial e ocupou o 80º lugar da Billiboard. As surpresas não acabaram por aí, após uma semana, The Good Side foi divulgado como single promocional.

Que o Sivan merece estar nos holofotes, nós já vimos. Agora, que ele também iria arrasar nas telinhas foi novidade.

Em 2007, ele estrelou o musical ‘Oliver!’ interpretando o próprio Oliver Twist. No ano seguinte, estava no elenco de um curta da Austrália Ocidental, Betrand the Terrible. Mas o seu primeiro filme de Hollywood não demorou. Em fevereiro de 2008, participou de X-Men Origens: Wolverine, atuando como o James Howlett.

A adaptação de Spud (2005) para o cinema veio em 2009, Troye fez a audição para atuar como o protagonista e nem preciso dizer que foi sucesso garantido, afinal fizeram mais duas sequência do filme e a produção primária foi premiada pelo South African Film and Television Awards. Inclusive, Troye recebeu na categoria de Melhor Ator.

Em seguida, veio a carreira de cantor como você viu anteriormente, até que em 2018 ele participou do filme Boy Erased, e não só atuando, como também cantando a música tema do longa.

Pronto, já falamos que o Troye além de lindo e fofo é cantor, compositor e ator, o que faltou?

Ah! Verdade, seu canal no YouTube.

Apesar de já ter o canal como forma de divulgação de suas músicas, em setembro de 2012, ele começou a postar vlogs. Já existiam 27 mil inscritos e em março de 2016 ele atingiu a marca de 4 milhões.

Seu sucesso é tanto que o canal dele é um dos mais populares na Austrália e, devido a sua carreira de cantor com o contrato assinado, Troye não publica mais os vídeos em seu canal.

Atualmente, temos uma grande diversidade de estilos nos tops musicais mundiais, e Troye se sobressai como um artista pouco convencional, cantando um estilo pop mais alternativo, com temas sérios e ainda é gay assumido. Muitas vezes vemos os artistas escondendo sua verdadeira imagem ou estilo para agradar o público, Troye faz o oposto. 

Na verdade, ele nunca escondeu nada, mesmo antes de começar a carreira como cantor, ele já tinha ido a rede falar sobre sua sexualidade.

Há quem diga que seu sucesso teve um caminho mais fácil por já ter uma base de fãs em seu canal, mas convenhamos, estar entre os 25 Jovens mais influentes do ano em 2014 não é para qualquer um, né? 

A pesquisa foi divulgada pela revista Time em outubro de 2014.

No ano passado, o cantor esteve em solo brasileiro para o festival do Lollapalooza, onde foi recebido de braços abertos por 1,4 mil fãs. Os aplausos e elogios foram escutados de longe, mesmo com a barreira do idioma, ele entendeu e não tardou em agradecer pelo carinho de todos e pela bandeira da LGBTQ+ impressa com seu rosto com que foi recebido:

Foi nesse momento que algumas lágrimas brotaram entre os espectadores, ao ouvir pelo próprio Troye como foi difícil se assumir gay, entretanto, disse que a presença dos fãs juntos davam e dão muita força para ele continuar. E, antes de cantar Heaven, o choro foi geral: 

“Escrevi essa música sobre ser homossexual. Não é algo fácil, porque o mundo  é muito doido e a gente sofre bastante. Mas quando vejo esse mar de bandeiras LGBT+, sinto que tudo vai dar certo porque temos uns aos outros, e somos fortes e orgulhosos de quem somos”

Agora, no final de julho, ele lançou um novo álbum que teve a música Easy divulgada na metade do mês passado.

“Uma história que ainda está se desenrolando, esta pequena coleção de músicas explora um período emocional na minha vida, quando os sentimentos e pensamentos foram surpreendentemente frescos”, disse o cantor, de acordo com o Põe na Roda.

Vamos de algumas curiosidades do Troye?

  • Troye tem uma suave variação da Síndrome de Marfan – uma doença rara, que aumenta os riscos de problemas cardíacos, dificulta a visão e muitos dos seus portadores têm uma estrutura alta e magra mesmo com os braços, pernas e os próprios dedos.
  • Seu canal foi criado quando tinha apenas 12 anos.
  • TRXYE não contou com entrevistas como meio de divulgação, porém contou com a ajuda de muitos fãs para espalhar sua música – e deu muito certo.
  • O cantor lançou uma trilogia de clipes que tratam sobre homofobia e ele até troca carícias com outro rapaz nas cenas.
  • Fã do livro A Culpa é das Estrelas, gravou uma canção com o mesmo título e lançou como um single promocional, que arrecadou dinheiro para caridade. 
  • Troye desfilou para a coleção outono/inverno da Saint Laurent de 2015/2016 na semana de moda de Paris, na França.

Você já conhecia o Troye? E, sobre sua história? Conte para gente nos comentários.

Beijos e beijos, Kim Nana

Fonte: RevistaQuem, G1, Capricho e Amino

A Boys Love Brasil agora tem uma loja! Lá, você pode encontras acessórios como camisetas, canecas e almofadas do seu dorama, banda de k-pop ou anime preferidos. Se você ainda não conferiu, acesse clicando aqui.

Para acessar o site das Novels Boys Love, clique aqui.

Para acessar o nosso canal do Youtube, clique aqui.

Para nos seguir no Instagram, procure por: @boyslovebrasill ou clique aqui.

Para nos seguir no Facebook, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Twitter, procure por: @bloversbrasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Telegram, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja