Review My Extraordinary – Episódios 01 e 02

Review My Extraordinary – Episódios 01 e 02

Não é segredo para ninguém que me acompanha pelas redes sociais o quão ansioso eu estava pela estreia de “My Extraordinary”, que é o primeiro BL Filipino exibido pela TV no país. Já no trailer dava para sentir que viria uma história recheada de drama pela frente, e, lógico, com as pitadas de um humor as vezes exagerado, mas sempre bem trabalhado, das Filipinas.

Faculdade, basquete, brigas e descobertas, essa parece ser a formula dos BL’s clichês que também foi aplicada em My Extraordinary. Contudo, se formos dar uma olhada mais a fundo e analisarmos o trailer, percebemos que podemos estar enganados. Em todo caso, vou deixar de enrolação e vou passar para o review de fato.

O primeiro episódio começou com o personagem Ken narrando os acontecimentos da vida dele até ali e sonhando com o futuro que ele mesmo planejou em sua mente. No entanto, quem é Ken? Nesse inicio de série nós percebemos que ele é um garoto estudioso e que sonha em ser um escritor famoso. Realmente ele parece ter muito talento para tudo relacionado a escrita.

Shake é um garoto aparentemente tímido e que definitivamente não sabe jogar basquete. Shake é gay? É bi? É Pan? Bem, não se sabe muito sobre ele ainda. Nesse ponto ele na verdade ainda é uma total incógnita para quem vos escreve esse review. Ele não gosta de ser chamado de gay, apesar de ao que demonstra não tem preconceito nenhum, pois o melhor amigo dele na série e gay.

Sandee é claramente a melhor amiga apaixonada. Sim a moça é apaixonada pelo vizinho, que por acaso também é seu melhor amigo, quem é ele? Ele é o Ken. Teresa, eu a achei um pouco chatinha, mas entendo perfeitamente o que eles querem mostrar com a personagem dela. Teresa é uma menina forte que não se curva para os homens e isso em muitas sociedades é visto como errado, por isso acho que Teresa tem um grande potencial na série.

Mônica, se o papel dela na série é fazer com que a gente a odeie, não precisa de muito mais, pois eu já não suporto nem mais sequer ouvir a voz dela. Sim! Eu sei que pais as vezes só querem o melhor para os filhos, sei que a função dos pais é cobrar e encher o saco dos filhos para que eles  estejam preparados para o mundo lá fora, mas puta merda, a Mônica passa dos limites! Quando ela começa a falar no ouvido do Ken, ela não para! Eu acho que eu não mencionei, mas ela é a mãe do Ken.

Como eu disse, esse primeiro episodio foi mais como uma introdução dos personagens, sem grandes acontecimentos que chamassem muita atenção e tendo como ápice a briga dos meninos na quadra de basquete, foi um episodio morno, mas eu não estava realmente esperando grandes acontecimentos nele.

Sinceramente, antes de efetivamente comentar sobre o episódio 02, eu gostaria de salientar que My Extraordinary, ao meu ver, será tipo My Day, começa bem morninha, quase fria, e de repente virar um estouro.

Vamos falar um pouco do segundo episodio então.

Começamos com um Ken tentando a todo custo ligar para o Shake para se desculpar da briga que ouve no episodio passado, lembram? Pois é! De tanto ele insistir acaba conseguindo e a conversa entre os dois flui razoavelmente bem, até com certas brincadeirinhas de ambos os lados. Celulares malditos que descarregam a bateria no meio de uma conversa! É exatamente isso que acontece com celular do Shake, que morre sem nem ao menos dar tempo para ele se despedir.

Desse ponto em diante, percebe-se que Ken já tem uma quedinha pelo Shake. Para preencher um pouco o tempo de tela, que já é bem pequeno pois cada capitulo possui apenas 20 minutos, os diretores adicionam um pouco de drama familiar quando o Ken, após passar uma tarde inteira com Shake e o amigo deles Heavem, esquece de pagar a conta de energia e cortam a luz da casa dele.

Realmente tirando a parte do encontro do Shake e do Ken, não houve nada de muito interessante no episodio dois. Resumindo, a série consegue prender o publico mesmo sem muitas coisas interessantes de ver até agora. No entanto, se ficar nessa mesmice apesar do trailer nos apresentar algumas cenas lindas, pode ser que a monotonia faça com que o público acabe deixando a série de lado. Principalmente aqui pelo ocidente.

Contudo, vale ressaltar também que My Extraordinary é uma série BL que vai abordar um tema muito delicado, que é aceitação da família de pessoas LGBTQIA+ nas Filipinas e é também a primeira série com essa temática que passa na TV de lá. Talvez por isso possamos esperar certas cautelas dos diretores e produtores. Aguardemos aos próximos episódios.

My Extraordinary
5.5
Direção
8
Atuação
8
Trilha Sonora
9.5
Fotografia/Vídeo
5
História
Redação 7.2 / 10
Usuários (0 Votos) {{ reviewsOverall }} / 10
O que as pessoas acharam... Dê sua nota
Сортировать:

Seja o primeiro a deixar um comentário.

User Avatar User Avatar
Verificado
{{{ review.rating_title }}}

На этот отзыв еще нет ответов.

Avatar
Show more
Show more
{{ pageNumber+1 }}
Dê sua nota

Your browser does not support images upload. Please choose a modern one

A série BL Filipina vai ao ar todos os domingos na TV, no canal da produtora no YouTube e também no serviço de Stream GagaOOlala.

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja