Ninguém nunca está preparado para a morte

Ninguém nunca está preparado para a morte

Olá a todos… É, chegamos ao penúltimo review de The Shipper e, sinceramente, estou com pouco fôlego e ânimo para escrevê-lo por motivos que logo mais vocês entenderão. Mas, vida que segue, né?

Bom, antes de começarmos, os recados de sempre.

Se você ainda não conferiu a análise do episódio passado, clique aqui antes de continuar. Relembro vocês que os episódios saem todas as sextas-feiras pelo canal oficial da GMMTV no Youtube e, caso você não saiba ler em inglês, não tem problema, basta acessar os episódios e dar o seu “like” para ajudar nossos meninos.

O décimo primeiro capítulo do nosso dorama começa com Khet e Pan indo para o hospital às pressas após Soda ligar desesperada avisando os meninos de que o corpo de Pan acabou de entrar em coma.

Ao chegarem lá, eles veem o pai de Pan desolado com a piora do quadro de sua filha.

Em seguida, questionam Pan sobre o motivo da recaída, já que a menina esteve por bastante tempo fora de seu corpo, além de já ter retornado também sem nenhum efeito colateral.

Acontece nem mesmo Pan sabe o motivo disso, até que um vento toma conta do corredor e ela entende que o Anjo está por perto.

Reprodução/GMMTV

Lá fora, ela se encontra com o Anjo que tem uma péssima notícia para dar e, dessa vez, sem brincadeiras.

Galera…. Lembram-se de que o Anjo ficou com a tarefa de procurar pela alma perdida de P’Kim para que ela pudesse retornar ao seu corpo?

Pois bem, acontece que a alma não havia se perdido, Kim na verdade está MORTO.

Eu, mais do que Pan, fiquei chocado com essa notícia, esperando que fosse algum tipo de bobagem do Anjo, mas eu nunca o vi tão sério como neste episódio.

Reprodução/GMMTV

Bem, agora que Kim está morto, Pan tem uma árdua escolha a se fazer: voltar para seu corpo e viver sua vida normalmente ou deixar que seu corpo apodreça e ela habite até a sua morte o corpo de P’Kim. No outro dia ainda no hospital, Khet diz para Pan que ouviu toda a sua conversa com o Anjo e pediu para a amiga que retorne para seu corpo, porque antes de ajudar ou pensar nos outros, ela deve pensar em si própria.

Olha, eu comecei a ficar triste desde o começo do episódio, a cada cena eu ficava pior.

Mas, antes que Pan retornasse ao seu corpo, Khet pediu um último favor: que ela, no corpo de seu irmão, tirasse uma foto “em família”, simplesmente pelo fato de não existirem fotos com todo mundo reunido. Pan assente, e Khet liga para seus pais – que estão do outro lado do mundo – e quando eles percebem que Kim está ao lado de Khet e aceitou tirar uma foto com eles, ambos ficam emocionados.

Após tirada a “foto”, Pan sai de perto, porque não aguenta o que está acontecendo e vai chorar em outro cômodo.

Reprodução/GMMTV

Nem preciso dizer o quão apertado meu coração ficou nesta cena. GMMTV, eu te odeio.

Na escola, Khet vai ao encontro de Way, obstinado a explicar tudo o que estava acontecendo, mas… Way começa a dizer que não há lugares em que ele não possa seguir os passos de Kim, de modo que os dois fiquem sempre juntos, ele ainda acrescenta que acha muito estranho o fato de ambos serem irmãos, mas Khet aparentar não ser uma pessoa autêntica, isto é, nunca exprimir de fato o que deseja ou quem realmente é. Isso mexe demais com Khet que fica calado até Way ir embora.

Essa cena, em específico, me deixou mudo igual Khet, porque eu realmente não sei se não existe um lugar onde você possa seguir alguém, neste caso, a Morte. Enfim, estou aos prantos pelo Way.

Reprodução/GMMTV

Em casa, mais cenas chorosas de Khet, que agora começa a olhar para o quarto do falecido irmão e reviver memórias da infância – particularmente sobre os brinquedos. Ele olha para retratos, medalhas e roupas do irmão até que retorna para a caixa em que está aquele avião de brinquedo que havia quebrado ainda quando criança.

Depois de muito esforço e lágrimas derramadas, ele enfim consegue consertar o brinquedo e levantar voo, mas parece que foi tarde demais, porque Kim não está mais ali para poder ver a cena.

Reprodução/GMMTV

De volta ao Hospital, Pan presencia seu pai sendo repreendido por um colega seu que implica sobre o fato dele estar gastando todos os seus recursos para cuidar de alguém que nem possui seu sangue, porém o homem diz que Pan é filha de sua ex-mulher, portanto, é sua filha sim, tanto que após o outro rapaz ir embora, ele pede ao médico para que a menina receba o melhor tratamento com os melhores e mais caros remédios, porque ele irá pagar. Fiquei emocionado, porque ele espera que Pan acorde e possa realizar refeições com ele.

Mas, o discurso proferido pelo amigo do Pai fez com que Pan refletisse sobre sua própria existência (o que achei bem pesado), ainda que ela reconheça ter amigos (Soda e Khet), ela acha melhor dar a sua vida – que no momento tem se tornar um fado para alguns – em troca de Kim.

Seu pedido é ouvido pelo Anjo, que envia uma mensageira até o quarto (uma borboleta). Após Pan perseguir a mensagem, ela se encontra com o Anjo e este dá uma a opção para que ela retorne ao seu corpo ou permaneça como P’Kim.

Reprodução/GMMTV

No outro dia, ainda no hospital, enquanto Soda está conversando com sua mãe desesperada em busca de ajuda de médicos especializados no caso da amiga, Pan chega e diz para que Soda pare, pois ela já se decidiu – ela irá se sacrificar por P’Kim. Agradece por tudo que sua amiga fez, mas acredita ser uma decisão sábia, mesmo Soda tentando impedir, Pan insiste e, ao lado do Anjo, aceita o destino.

Num estalar de dedos, o quadro de Pan piora drasticamente e ao que tudo indica seu corpo está morto.

Reprodução/GMMTV

Desesperado após saber da decisão de Pan, Khet volta para casa a fim de tirar satisfações com Pan – que num primeiro momento fica receoso pensando que Kim havia retornado para seu corpo (mas infelizmente era apenas teatro de Pan).

Acontece que uma das frases de Khet mexe com o psicológico da menina e põe em xeque sua decisão, “(…) será que P’Kim iria gostar que você vivesse no corpo dele?”.

E aí gente, será?

Bom, a outra coisa decisiva foi que Pan achou, no meio de um livro didático japonês, duas passagens para o Japão escrito #waykimforever (#waykimparasempre) e ela ficou pensativa sobre tudo.

Reprodução/GMMTV

A cena final é ela abrindo tudo para Way, inclusive dizendo quem ela era e sobre as passagens….

Não sei vocês, mas algo dentro de mim ainda não aceita a morte de P’Kim… Estou realmente chateado e triste e espero que o último episódio me surpreenda de uma forma positiva.

Reprodução/GMMTV

Até semana que vem, beijo, tchau.

Antes que eu me esqueça, aqui em baixo tem um “quadro” em que você, leitor, pode ver a nota a que atribui para cada “elemento” do episódio, mas também pode inserir a sua avaliação para cada um desses critérios, sua participação é bastante importante para mim, então não se esqueça de avaliar.

[rwp_box id=”0″]

Se você gostou desse review, por favor, não deixe de curtir e expor a sua opinião. A sua interação é muito importante para a manutenção do site. Além disso, não se esqueça de seguir as nossas plataformas digitais, por lá, você tem acesso a todo o conteúdo produzido pela página como notícias, capítulos de novels, trailers, reviews e tudo mais.

A Boys Love Brasil agora tem uma loja! Lá, você pode encontras acessórios como camisetas, canecas e almofadas do seu dorama, banda de k-pop ou anime preferidos. Se você ainda não conferiu, acesse clicando aqui.

Para acessar o site das Novels Boys Love, clique aqui.

Para acessar o nosso canal do Youtube, clique aqui.

Para nos seguir no Instagram, procure por: @boyslovebrasill ou clique aqui.

Para nos seguir no Facebook, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Twitter, procure por: @bloversbrasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Telegram, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Compartilhar esta publicação

Comente e deixe a gente Feliz


%d blogueiros gostam disto:
Optimized with PageSpeed Ninja