MORTALIDADE DA COMUNIDADE LGBT PELO MUNDO

MORTALIDADE DA COMUNIDADE LGBT PELO MUNDO

Olá, meus queridos! Continuamos nossa homenagem ao mês do orgulho LGBTQI+ mostrando um pouco do que se passa no país e no mundo em relação ao assunto. Esse tema: mortalidade da comunidade LGBT pelo mundo é muito triste, mas não podemos deixar de desertar pelo menos um pouco sobre o assunto.

Há muitos países em que a homossexualidade é considerada crime, algumas pesquisas mostram um total de 73 países onde o preconceito fala mais alto do que o amor ao próximo. Em alguns desses lugares, você pode ser levado a morte a qualquer momento por ter a orientação sexual que não seja a de seu nascimento como no Sudão, Irã, Arábia Saudita, Iêmen, Mauritânia, Afeganistão, Paquistão, Catar, Emirados Árabes Unidos, Iraque, parte da Síria, Parte da Nigéria e alguns territórios da Somália, ou seja, nesses países, existe condenação a morte por ser gay.

Em outros é apenas crime, sem pena de morte. A violência contra pessoas LGBT são ações que podem acontecer tanto
ilegalmente, por uma pessoa ou um grupo de pessoas, como por parte da
aplicação de leis governamentais, visando as pessoas que contrariam as
regras da Heterocisnormatividade: Termo usado para descrever situações nas quais
orientações sexuais e identidade de gênero diferentes da
heterossexual/cis são marginalizadas, ignoradas ou perseguidas.

Insultos LGBTfóbicos pode ir do bullying, difamação, injúrias verbais ou
gestos e mímicas obscenos óbvios até formas mais sutis e disfarçadas,
como a falta de cordialidade e a antipatia no convívio social, a insinuação,
a ironia ou o sarcasmo, isto é, casos em que a vítima é totalmente ignorada por
autoridades (quando se tem leis contra tais atos), são casos mais difíceis
para que a vítima comprove que realmente sofrera tal difamação.

Dos muitos países que matam cruelmente homossexuais, o Brasil está em primeiro lugar no ranking. Segundo a ONG “Transgender Europe”, há dois anos foi feito uma pesquisa que apresenta que o Brasil é o país que mais registra números absolutos, seguido do segundo lugar que é o México, onde foram contabilizados 256 mortes entre Janeiro de 2008 e Junho de 2016. Esses dados são mascarados por dificuldades de contabilizar os crimes em muitos países. A pesquisa do TGEU aponta algumas razões para que esse cenário de violência que se apresenta no Brasil e em outros países da América latina, região que reúne 78% dos homicídios. Entre as causas estão: grandes níveis de violência no contexto histórico (colonialismo, escravidão, ditaduras) e alta vulnerabilidade de transsexuais na prostituição e falha dos Estados em não prevenir e investigar esses crimes.

A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da república (SDH) afirma que as denúncias de violência contra lésbicas, gays, bissexuais, transexuais e travestis aumentaram 94% no país entre 2015 e 2016. Os casos incluem também abusos psicológicos, discriminação e violência sexual. “Temos uma cultura sexista de negar ao outro a condição de sujeito de direito” diz Flávia Piovesan, a Secretária de Direitos Humanos na época do governo Temer.
Existem 7 países em que ser LGBT é punido com morte: Irã, Mauritânia, Arábia Saudita, Sudão, Iêmen, zonas da Nigéria e Somália.

Países onde a homossexualidade é crime, mas não tem pena de morte:

África: Argélia, Angola, Botsuana, Burundi, Camarões, Comores, Egito, Eritréia, Etiópia, Gâmbia, Gana, Guiné, Lesoto, Libéria, Líbia, Malawi, Marrocos, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Nigéria (pena de morte em alguns estados), São Tomé e Príncipe, Senegal, Serra Leoa, Somália (pena de morte em alguns estados), Suazilândia, Tanzânia, Togo, Tunísia, Uganda, Zâmbia, Zimbabwe.

Ásia: Afeganistão, Bangladesh, Butão, Brunei, Myanmar, Kuwait, Líbano, Malásia, Maldivas, Omã, Paquistão, Qatar, Singapura, Sri Lanka, Síria, Turquemenistão, Emirados Árabes Unidos, Uzbequistão, Faixa de Gaza em Autoridade Palestina

América Latina e do Caribe: Antígua e Barbuda, Barbados, Belize, Dominicana, Granada, Guiana, Jamaica, São Cristóvão e Neves, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Trinidade e Tobago

Oceania: Kiribati, Nauru, Palau, Papua-Nova Guiné, Samoa, Ilhas Salomão, Tonga, Tuvalu, Ilhas Cook.
Bem meus queridos, fico feliz de terem chegado até aqui, obrigada por nos acompanhar.
Siga as redes sociais da Boys Love Brasil! ♥️?

Twitter: @boyslovebrasil
Instagram: @boyslovebrasil
YT & FB: Boys Love Brasil
Telegram: @boyslovebrasil1

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja