Indicações de séries com temática LGBTQIA+ na Netflix

Indicações de séries com temática LGBTQIA+ na Netflix

Olá meus bombons de licor, tudo bem com vocês?

Fica rodando aquele catálogo da Netflix em busca de séries com temática LGBTQIA+? Então se liga nessa lista de indicações das melhores séries do catálogo para você não perder tempo e ir correndo assistir!

— Queer Eye

O reality show acompanha os chamados Fab Five, ou Cinco Fabulosos: o chef de cozinha Antoni Porowski, o designer de moda Tan France, o cabeleireiro e grooming expert Jonathan Van Ness, o decorador Bobby Berk, e o especialista em cultura Karamo Brown. Em cada episódio, o grupo usa seus conhecimentos para ajudar diferentes pessoas a lidar com as próprias inseguranças e, assim, recuperar a autoestima. Além das dicas de estilo e comportamento, a série mostra de perto as transformações vividas pelos participantes.

Este trata-se de um reboot lançado pela Netflix, o “original” foi lançado em 15 de outubro de 2003 pelo Fox Life.

— Sense 8

A série conta a história de oito pessoas que não se conhecem mas ficam interligadas mentalmente e precisam lidar com os perigos de suas novas vidas.
Um disparo. Uma morte. Um instante no tempo em que oito mentes em seis continentes são interligadas para sempre. Oito pessoas vivem suas vidas, segredos e ameaças como uma. São pessoas comuns, renascidas com um mesmo inimigo e destino.

Se só essa sinopse maravilhosa não te chamou a atenção, saiba que a série foi dirigida, escrita e produzida pelas lendas, irmãos (Lilly e Lena são irmãs, elas transicionaram) Wachowskis e por J. Michael Straczynski.

Infelizmente a série foi cancelada na segunda temporada, mas não deixem de conferir. Vale muito a pena!

— Everything Sucks!

Oregon, 1996. Na escola de Boring, Kate Messner (Peyton Kennedy) e Luke O’Neil (Jahi Winston) são dois alunos que sabem muito bem o que é passar pelos dramas do colégio, mas não os únicos, já que todos os membros do clube de teatro e de vídeo sentem o mesmo desespero. Sem internet ou smatphones, essa turminha decide, então, produzir um filme para registrar todos os dramas do ensino médio.

A série é bem leve e trás um ar cômico para o âmbito escolar. Infelizmente a série é bem curta e foi cancelada após apenas uma temporada, mesmo assim vale a pena conferir!

— One Day at a Time

One Day at a Time é uma série de televisão americana de comédia e drama no formato de sitcom. A série apresenta um elenco, estrelado por: Justina Machado, Todd Grinnell, Isabella Gomez, Marcel Ruiz, Stephen Tobolowsky e Rita Moreno. O programa televisivo gira em torno de uma família cubano-americana que vive em Los Angeles, EUA. Com foco em uma mãe solteira reservista que lida com TEPT (Transtorno do Estresse Pós-Traumático), seus filhos e sua mãe cubana. A recriação da comédia original da CBS aborda questões importantes como doenças mentais, imigração, sexismo, homofobia e racismo, enfrentadas por latinos que moram nos Estados Unidos.

Infelizmente a série foi cancelada após a terceira temporada, somos viúvos de One Day at a Time!

— Sex Education

Sex Education é uma série de comédia/drama britânica lançada pela Netflix e criada por Laurie Nunn. Conta a história de Otis (Asa Butterfield), um adolescente de 16 anos, que está sentindo sua sexualidade aflorando. Sua mãe (Gillian Anderson) é uma terapeuta sexual e durante toda sua vida Otis acabou ouvindo as sessões de terapia. Apesar de ter vivido em um lar muito liberal e entender muito bem sobre sexualidade, Otis ainda se sente constrangido quanto o assunto é a sexualidade dele. Este constrangimento se torna ainda maior uma vez que todos os alunos de sua escola também estão se descobrindo sexualmente. Vendo seus colegas se debatendo com seus problemas sexuais, Otis começa a dar conselhos para eles em uma espécie de clínica que ele cria junto com sua nova amiga Maeve (Emma Mackey).
À princípio a série parece ser um típico clichê adolescente mas, com o passar dos episódios, percebemos que não é bem assim. A série se aprofunda em diversos temas da sexualidade e da afetividade humana de uma maneira extremamente responsável e às vezes até didática.

Vocês devem ter notado que tem uma quantidade considerável de “infelizmente foi cancelada” nessa matéria, e compartilho aqui minha dor para tal. Netflix minha linda, não adianta investir em séries assim e depois cancelar sem mais nem menos. Melhore!

Bom meus bombons, por hoje é só. Beijos e até a próxima!

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja