Dois Amigos, Dois Caminhos – Uma evolução repentina – review 8, 9, 10 e 11

Dois Amigos, Dois Caminhos – Uma evolução repentina – review 8, 9, 10 e 11

Oi galeres. Tem tempo que vocês não me veem por aqui, pensaram que abandonei vocês e os reviews de Dois Amigos, Dois Caminhos? Este não foi o caso. Passei as últimas semanas com dores na coluna, devido ela estar desalinhada e inflamada, condições para escrever review? Nenhuma! 

Mas estamos de volta! Acredito que diferente de mim, vocês estão acompanhando esta série, por isso, farei uma espécie de recapitulando dos episódios 8, 9, 10 e 11, para que vocês possam assistir o episódio 12 (que será lançado hoje na Netflix) com as cenas anteriores ainda frescas na cabeça e darmos continuidade no review como fazíamos antes.

Round 8 – Sem medo

Começando pelo capítulo oito, o episódio tem início ainda com a cena final do episódio anterior, Man recebendo um elogio do seu pai e extremamente feliz por isso. – O coitado finalmente foi notado! Estou feliz por ele. –Infelizmente Saifah não possui a mesma sorte de Man e lutar, mesmo que seja para vencer, não será visto com bons olhos pelo seu pai.

Um vídeo da luta de Saifah acabou circulando pelo internet e chegou até o conhecimento de seu pai, que sempre proibiu o filho de praticar tal esporte. Conseguimos notar que aquilo que começou com uma pequena discussão, acabou aumentando e quando menos esperamos, a bomba explode, Saifah tem uma grande briga com seu pai e acaba saindo de casa. 

O episódio oito girou em torno de Saifah e Arun, mas consegui notar outras coisas fora isto, foi possível notar que o primogênito de Saifah não é muito fã de Man e acredito que isto seja relacionado ao seu pai, o senhor Wanchai, me pergunto o que há entre os dois sócios? 

Round 9 – Na lona

Se eu fosse resumir esse episódio em uma imagem seria essa:

Montagem de minha autoria, porque não poderia deixar de fazer ela

Saifah ficou doente neste episódio, acredito que possa ser devido ao estresse sofrido, já que ele saiu de casa, estava treinando bastante e ansioso para as novas lutas. O fato de não estar bem não o atrapalhou em suas lutas e ele venceu todas que lutou, até chegar na semifinal, onde terá que lutar contra Man. – Como será a luta entre os amigos? 

As emoções também estiveram presentes nas meninas de Hook. Hongyok finalmente esqueceu Man e seu novo crush é Kawin! Ahh e não podemos esquecer que a farsa de Dandao foi por água abaixo e todos sabem que ela nunca possuiu um namorado de fato. 

Saifah se anima ao saber que sua crush está solteira. –Vocês shippam ele e a Dandao? Eu particularmente acho que eles não têm química. – Os sentimentos de Man por Dandao estão cada vez mais explícitos, ainda assim, quando Saifah pergunta se ele possui interesse nela, o mesmo nega. – Estou com dó do Man, pois desse jeito vai acabar perdendo o amigo e a amada.  – O filhinho mimado tenta beijar Dandao agora que sabe que ela está solteira e que Man não gosta dela, as coisas não saem como ele gostaria e Dandao vai embora de lá. – Se eu gostei? Eu amei! Queria que Dandao tivesse dado um mega fora nele, mas fiquei satisfeita dela ir embora e deixar o Saifah. Afinal, eu sou do time Man.  

Round  10 – A hora da verdade

Que episódio foi esse? Eu não conseguiria imaginar que o quê era para ser uma cena de beijo, se transformaria em um acidente de carro e isso faria que segredos guardados durante anos explodissem e ferisse aquele que menos merece ser machucado. 

Wanchai trocou seu filho com o filho de Arun na maternidade, fazendo com que Arun criasse Saifah (filho de Wanchai) como seu próprio filho. Já Wanchai nunca foi um bom pai, sempre mostrou indiferença à Man e muitas vezes parecia não gostar do próprio filho, agora sabemos o porquê de todas aquelas atitudes.

Eu nunca gostei muito do Wanchai, mas não podia imaginar que ele poderia ser tão desagradável. O fato dele ter trocado as crianças não me afetou muito, mas saber que ele sempre destratou o Man só porquê ele não era seu filho de sangue, me deixou frustrada! Man está desorientado, enquanto que Saifah ainda está em coma.

 A vida de Man está de ponta cabeças, a menina que poucos dias há atrás estava afim dele é sua irmã, seu pai nunca o amou e lutar boxe para conquistar a atenção de Wanchai, assim como ele deu atenção à Saifah será impossível, pois Saifah é algo que Man nunca foi: Filho de Wanchai.

Toda essa confusão foi causada pelo quê? Por um acordo de Arun e Wanchai. O boxeador deveria perder em uma luta e o empresário lhe daria uma academia, Arun cumpriu com seu acordo e deu uma academia a Wanchai, mas este ficou tão arrependido por ter entregue a luta que se entregou para a bebida, mas antes disso, trocou as crianças, ele queria que seu filho (Saifah)  pudesse ter uma vida confortável, uma vida que ele não poderia lhe dar, Man nunca foi uma preocupação, afinal, já que ele não era seu filho, não precisaria cuidar dele de fato.

Cena onde Arun e Wanchai fazem o acordo de Wanchai perde a luta

Esse episódio conseguiu mexer comigo! Ver o Man sentado à mesa com seus parentes de sangue extremamente deslocado, me fez ficar tensa também, o ator conseguiu fazer com que eu sentisse empatia para com seu personagem, que claramente está perdido e sofrendo com as novas descobertas em sua vida.

Round 11 – O lado bom

Saifah finalmente acordou! Ele lidou com a situação melhor que Man, afinal, ele não foi tão afetado quanto o amigo. Apesar de saber que não poderá mais participar do campeonato, Saifah não fica triste e pede para Man lutar em seu lugar e assim, realizar o sonho do amigo.

Man não tem mais motivos para lutar, ainda assim, podemos ver que ele não tem uma decisão concreta sobre isso. Acredito que quando ele resolver seus problemas conseguirá decidir com mais clareza se de fato irá lutar. -Mas ao que tudo indica, ele irá para o ringue mais uma vez. -Saifah se declara para Dandao, ele também se desculpa por ter a beijado naquele dia. -O pé na bunda finalmente chegou! – Dandou conta a Saifah que gosta de Man e eu morro de orgulho dela.

Man que está passando todo esse tempo na casa de Dandao está sempre refletindo sobre toda a situação, ele chega a ir na Academia Wanchai ver Ying (provavelmente para falar de seus treinos para a incerta luta), quando se depara com seu pai. A conversa mal existiu, parte das desavenças foram resolvidas no ringue, sim, Man lutou com seu pai, devo dizer que nenhum deu moleza para o outro e, depois de todos esses episódios e cenas de luta mal feitas, fiquei surpresa ao ver Man e Wanchai lutando, realmente parecia que eles estavam lutando, que Wanchai estava batendo em Man e vice-versa. 

Apesar de não ser legal a gente ver pai e filho se batendo, não tinha como não mostrar para vocês a primeira cena de ação decente que tivemos na série

O episódio termina em outro local, com Man, Dandao, Kawin e Hongyok sentados e surpresos com a chegada de Arun e Wanchai. -Nem todos estavam surpresos, pois Kawin e Dandao haviam planejado isto.

Considerações Finais

Ao conversar com uma amiga -que também é colunistas aqui na BLB, -sobre o fato de estar pegando um certo ranço de Hook, por não gostar da atuação dos personagens, sobretudo em cenas de ação, ela conseguiu me convencer a olhar para a série de outra forma e procurar ter até certa empatia para com os atores, apesar da atuação não ser lá as melhores. 

A partir de então, estou até conseguindo me divertir ao assistir os episódios, todavia, não posso deixar de comentar que as cenas de luta ainda são decepcionantes, pois podemos ver claramente que os atores não chegam a se tocar e quando o fazem, é possível notar que os movimentos são lentos e tudo é pura encenação. -Não estou dizendo que queria que eles praticassem de fato violência, mas as cenas de luta deixam a desejar, principalmente para uma série que tem como tema principal o boxe! Podemos notar isto até nos episódios que são identificados com a palavra “round”.  

O último episódio me surpreendeu bastante, pois eu finalmente vi uma cena de luta da qual eu consegui de fato acreditar que eles estavam lutando. As comédias pastelão também já não existem mais na série, o que me fez gostar ainda mais dela. É isso pessoal! Espero que possam me acompanhar até o final desta série! 

É preciso lembrá-los que estamos no Setembro amarelo, período da campanha de prevenção ao suicídio. Dessa forma, durante todo o mês, a Boys Love Brasil, além da habitual programação, trará também conteúdos relacionados à causa, engajando e demonstrando todo o nosso apoio à preservação da vida.

Caso sinta necessidade ou conheça alguém que precise, contate o Centro de Valorização da Vida (CCV), uma instituição que auxilia pessoas em situações de vulnerabilidade emocional, atuando na prevenção ao suicídio. Para conversar com um dos voluntários, ligue para 188 ou acesse o site. Não se preocupe, o atendimento é anônimo, 100% gratuito e funciona 24h por dia.

Se você gostou dessa matéria, por favor, não deixe de curtir e expor a sua opinião. A sua interação é muito importante para a manutenção do site. Além disso, não se esqueça de seguir as nossas plataformas digitais. Lá, você tem acesso a todo o conteúdo produzido como notícias, capítulos de novels, trailers, reviews e tudo mais.

A Boys Love Brasil agora tem uma loja! Lá, você pode encontrar acessórios como camisetas, canecas e almofadas do seu dorama, grupo de k-pop ou anime preferidos. Se você ainda não conferiu, acesse clicando aqui.

Além disso, a BLB agora também possui uma editora! Se você tem interesse ou conhece escritores que produzem histórias, sobretudo LGBTQ e que gostariam de publicá-las online. Entre em contato conosco. Para acessar o site, clique.

Para acessar o site das Novels Boys Love, clique aqui.

Para acessar o nosso canal do Youtube, clique aqui.

Para nos seguir no Instagram, procure por: @boyslovebrasill ou clique aqui.

Para nos seguir no Facebook, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Twitter, procure por: @bloversbrasil ou clique aqui.Para nos seguir no Telegram, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] O último episódio de Dois Amigos, Dois Caminhos terminou de forma tensa! Mas não vamos falar desta parte ainda. O episódio 11 terminou com muitas dúvidas e incertezas, você pode acessar o último Review aqui. […]


1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja