Como a censura aos bl’s na China está sendo burlada

Como a censura aos bl’s na China está sendo burlada

Oi amores, Turubem com vocês? Espero que esse mês esteja sendo melhor do que os meses anteriores. Bem, a matéria especial de hoje será sobre a censura chinesa, na verdade será sobre como alguns diretores, produtores, etc. de BLs estão conseguindo burlar a censura e estão nos trazendo vários conteúdos.

Acredito que muitos já têm conhecimento de como a China pega pesado quando têm que controlar séries que são baseadas em novels Boys Love ou qualquer conteúdo LGBT. É comum dramas chineses ficarem anos na geladeira, mesmo os heteros, apenas  porque devem ser analisados e passados por um pente fino.

A partir daí, o governo decide o que deve ser excluído ou refeito, isso é uma grande sacanagem, algumas vezes o drama é cancelado na metade, como aconteceu com Addicted Heroin. Acho que muitos blzeiros das antigas começou por esse BL, então você sabe a tortura que foi perceber que o drama parou justamente quando o desenvolvimento do casal ia pra frente. 

Eu comecei nesse universo BL bem antes dessa série, mas eu não sabia como as coisas funcionavam na China. Pra falar a verdade Addicted Heroin foi um divisor de águas, antes dela tiveram alguns filmes com conteúdo LGBT que não passaram por muita censura, mas tão pouco tiveram final feliz.

Mas com o grande sucesso desse BL tudo começou a desandar e a censura começou a crescer e a ficar cada vez pior. Chegou ao ponto dos atores principais de Addicted Heroin serem ameaçados de serem expulsos do país se continuassem a se encontrarem e com os eventos. Pra quem não sabe os dois eram grandes amigos.

O mesmo aconteceu com a série Counterattack, mas diferente da anterior a “crise” enfrentada por esse BL foi um pouco menor. Se eu for ficar falando sobre os bl’s que sofreram por causa da censura vou escrever umas vinte páginas. Mas ouso dizer que com toda crise podemos aprender alguma coisa e com a censura os produtores, diretores e autores de BL se desdobraram e agora estão conseguindo  burlar a censura nos trazendo conteúdos maravilhosos e dignos de prêmios.

Clarooo que a censura ainda está presente, mas com bons atores, uma boa direção, um bom roteiro e uma boa produção teremos o que alguns chamam de um bromance, mas se todo o conjunto for perfeito é quase um sacrilégio chamarmos a série de bromance, quando fica óbvio o relacionamento romântico dos personagens.

E só pra provar o que eu estou falando temos o drama The Untamed que é um dos melhores bl’s da China, mesmo sem um beijinho. E eles ainda ganharam prêmios de melhor casal, pois eh, mesmo com algumas proibições e cortes algumas coisas são perfeitas demais para serem negadas. 

Outro drama que merece ser mencionado é Guardian, como foi produzida antes de The Untamed ela passou por uma crise maior, a série já estava sendo transmitida quando o governo mandou retirar da plataforma que estava passando e teve que ser reeditado. E tudo isso apenas porque, segundo eles, os personagens se olhavam de maneira muito carinhosa e se abraçavam demais.

Quero informar que mesmo com os novos cortes Guardian ainda é perfeita, fica melhor ainda se você ler a novel antes de assistir a série. Recentemente eu percebi que temos muitas séries que estão sendo produzidas que são adaptações de novel’s boys love. 

Uma dessas adaptações é Winter Begônia, mesmo com a censura fica muito, muito, muito óbvio a atração e o cuidado entre os personagens principais. A direção e o roteirista se uniram justamente para que não ficássemos órfãos de cenas mais românticas.

Outra grande surpresa para mim foi o drama The Sleuth of Ming Dynasty, a história é super divertida e tem mistério que são coisas que amo. Admito que eu fiquei receosa quando descobri que Jackie Chan seria o diretor, porque temi que ele esquecesse que o drama é baseado em um bl. 

Mas felizmente ele fez bem seu trabalho, principalmente nas cenas de ação, os atores também foram ótimos e para minha surpresa tivemos muitas cenas com duplo sentido que o diretor incluiu pra nos alimentar bem. E também ajudou que a novel é bem leve no romance já que foca mais nos mistérios, e apenas os extras que mostra o romance.

Ainda falando como sobre como a mídia, empresas de entretenimento e os atores vem tentando, e talvez, beeem aos poucos, conseguindo burlar a censura (odiosa) que a China impõe aos conteúdos LGBTs, vamos falar um pouco sobre The Untamed, YiZhan (nome do shipp de Xiao Zhan e Wang Yibo), Tencent e também sobre como os FanMeetings (reunião com fãs) tem se modificado na China, principalmente, do ano passado. 

Todo mundo, ou quase todo mundo deve conhecer o sucesso que foi The Untamed, bromance chinês baseado na novel chinesa Mo Dao Zu Shi, da autora MXTX, produzido pela emissora Tencent. Devido ao grande sucesso que a novel já tinha entre o público essa série foi aguardada, pois todos queriam saber como a adaptação seria feita já que a novel possui muito conteúdo homossexual, que seria obviamente censurado.

Então, The Untamed estreou e foi considerada um grande sucesso, porque o público encontrou na série o que viu na novel. Mesmo com toda a censura imposta, os atores Xiao Zhan e Wang Yibo, conseguiram transmitir os sentimentos de casal para o público. 

Porém, todo esse sucesso também colocou os dois atores na mira da grande mídia, do governo chinês e consequentemente, da censura. Atores chineses que atuam como um casal em séries ou filmes chineses acabam vivendo “sob os holofotes” do governo, tendo que seguir regras de conduta para que eles não tenham problemas com a lei. E sim, quando falo lei, há sim a possibilidade de eles serem presos se assim o governo achar necessário. 

Voltando a YiZhan, com o grande sucesso que eles fizeram, também vieram os eventos, como FanMeetings e Premiações. Os fanmeetings de The Untamed aconteciam com o elenco masculino quase que completo e claro, as fãs ficavam fascinadas com a pouca proximidade entre Xiao e Yibo, seja nas brincadeiras, seja quando iam conversar mais discretamente um com o outro. Entretanto, por conta dessas poucas interações, foi necessário que nos fanmeetings posteriores e nas premiações eles mantivessem uma distância razoável entre eles. 

Mesmo em um evento da Tencent, onde os dois foram receber um prêmio de casal (o fandom foi afrontoso assim sim!), eles tiveram que sentar no mesmo sofá, mas com uma certa distância e no momento de receber o prêmio também devia ser mantida a distância. Por sua vez, os dois mantinham contato com sorrisos, alguma conversa e andando ao lado um do outro. 

Mas eu falei em “burlar a censura”, certo? Então, ao meu ver, a Tencent conseguiu fazer isso em alguns momentos, principalmente quando exibiu a edição especial de The Untamed, pois nela, com a edição, foi dado um foco maior para a “vibe” de casal de Wei Wuxian e Lan Zhan. Além disso, quem administra o twitter da Tencent também jogava umas “indiretas” bem diretas, baseadas em trechos da novel, sempre que os episódios da edição especial eram exibidos. 

Bom, mas e os FanMeetings? Vocês devem estar se perguntando como a censura pode ser burlada neles. Bom, o público chinês consome muito drama BL tailandês, por isso muitos dos atores vão várias vezes ao ano à China realizar fanmeetings de casal. Nesses eventos é normal que além de conversar com os fãs, cantar, os atores joguem jogos um com o outro, mas sendo na China, sempre são jogos que exijam pouca ou quase nenhuma proximidade, completamente diferente dos jogos que são feitos na Tailândia, Coréia e Japão, por exemplo. 

Porém, do ano passado para cá, tenho notado uma “flexibilização” nessas regras de conduta. Ano passado, durante o fanmeeting de KristSingto e TayNew, em Hong Kong, os MCs, que eram chineses, promoveram vários jogos que deixaram os meninos todos muito próximos, como um de perguntas e respostas que os fazia ficar de mãos dadas o tempo todo e o outro, que os fazia encenar cenas românticas dos seus dramas. Para mim, isso é uma maneira de burlar a censura que existe a esse conteúdo. 

Agora a pergunta é, por que parece que as empresas estão tentando, aos poucos burlar isso? Pensando nas empresas de entretenimento, ao meu ver, é para agradar cada vez mais esse público, pois ele é formado por uma grande massa de pessoas, com poder aquisitivo, que consome e paga pequenas fortunas pela oportunidade de ver o seu “casal” de perto. 

Empresas de comunicação, como a Tencent, também tem interesse lucrativo que essa censura caia, já que é perceptível que o conteúdo BL é um sucesso nesse país, sendo cada vez mais consumido e gerando ainda mais lucro, a prova disso foi um sucesso de The Untamed. Então, acredito que isso faz com que essas empresas comecem a pensar e a por em prática mecanismos que os ajude a ludibriar esse sistema de censura do governo chinês. 

Então, na minha opinião, as empresas, os profissionais do entretenimento e o público em geral, vão procurando e encontrando maneiras de fazer a censura do governo chinês ruir aos poucos, e em algum momento, vamos poder ver uma novel BL chinesa, que são ótimas, ser adaptada como uma série BL e não mais como um bromance. 

Bjoo e Bjoo da Kitty e da Angel…

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja