LGBTQIA+

Mulheres LGBTQIA+ e o receio de “sair do armário”

Além de enfrentarem o julgamento da sociedade por seu relacionamento homoafetivo, as mulheres LGBTQIA+ precisam enfrentar a desigualdade de gênero por serem mulheres em uma sociedade machista. Saiba mais sobre o tema acessando essa matéria exclusiva e vamos nos unir por um mundo mais igualitário.

Homofobia no trabalho: como se posicionar sem exposição exagerada

Apesar de todos os avanços que o Brasil tem dado em reconhecer os direitos da comunidade LGBTQIA+ e promover inclusão de todos os tipos, ainda nos resta um caminho longo a percorrer. O preconceito no mercado de trabalho, por exemplo, é forte e, muitas vezes, velado. Saiba como isso acontece e dicas para começar...

Direitos dos gays na Tailândia: da tolerância à aceitação

A produção de dramas BL na Tailândia tem ganhado cada vez mais escala e representatividade. O impacto disso na sociedade é um cenário mais aberto à diversidade do que há alguns anos, quando falar sobre o tema era tabu mesmo dentro das famílias menos tradicionais.Mas a verdade é que, como estrangeiros que somos, tudo...

GagaOOLala: a primeira plataforma de streaming LGBTQIA+ ganha licença global

Você conhece a GagaOOLala? Com certeza não! Nem a gente. Mas isso está com os dias contatos (ainda bem)!Fruto e uma iniciativa incrível de Jay Lin, ativista LGBTQIA+, cofundador do Festival Internacional de Cinema Queer de Taiwan (TIQFF) e CEO da Portico Media, a plataforma GagaOOLala é o primeiro serviço de streaming com conteúdo...

Divulgação

Séries BL: um convite à aceitação de todas as formas de amar

Escrever sobre esse tema é um desafio para qualquer pessoa. Quando falamos sobre ser “diferente” do padrão social imposto é comum cair no discurso do certo ou errado, preto ou branco, amor e ódio.Bom, se você tem oportunidade de consumir conteúdos (seja séries, filmes, quadrinhos, livros e o que mais estiver disponível) que retratam...

“Sou gay, não tem como eu ser preconceituoso”? “Amada”, sente aqui!

É muito comum quando a gente fica sabendo sobre um caso de preconceito contra a comunidade LGBTQIA+, a gente pensar: “Nossa quem foi o hetero escroto que fez isso dessa vez?” E quão grande não é nossa surpresa quando buscamos mais a fundo e em alguns (as vezes até muitos) desses casos, quem cometeu...

Optimized with PageSpeed Ninja