Cara Delevingne

Cara Delevingne

Olá, galere! Hoje vamos falar um pouco sobre ela que é: modelo, atriz e cantora. Mas, além disso, é uma mulher emponderada e com convicções sem receios de expor o que realmente pensa e se sente. Essa é Cara Delevingne.

Cara Jocelyn Delevingne (Londres, 12 de agosto de 1992) é uma atriz e modelo britânica. Conhecida como Cara Delevingne, ela vem de uma família rica da alta aristocracia inglesa.
Sua avó materna era Dama de Companhia da Rainha e seu avô materno Jocelyn Stevens era o ex diretor da revista Queen, sua mãe Pandora era chefe de compras da Selfridges, seu pai Charles Delevingne é um corretor Imobiliário e filho de um Visconde. Cara tem outras duas irmãs Chloe e Poppy Delevingne, foi Poppy que ajudou Cara a entrar para a indústria da moda.

Agora falando um pouco sobre sua carreira, Cara Delevingne já foi o rosto de campanhas e anúncios de grandes empresas, como: Burberry, Cadbury, H&M, Authentic Collection, Dominic Jones Jewellery, Blumarine, Zara e Chanel. Também desfilou para: Shiatzy Chen, Moschino, Jason Wu, Oscar de la Renta, Dolce & Gabbana, Fendi e Stella McCartney. E dentre diversas revistas de moda.

A sua marca registrada são suas sobrancelhas escuras e espessas.

Além de sua carreira de sucesso como modelo, Cara também é conhecida pela carreira nos cinemas fazendo filmes como:

Anna Karenina (2012), personagem – Princesa Sorokina;

Cidades de Papel (2015), personagem – Margo Roth Spielgeman;

Peter Pan (2015), personagem – Sereia;

Esquadrão Suicida (2016), personagem – June Moone / Magia;

Amor & Tulipas (2017), personagem – Annetje;

Valerian e a Cidade dos Mil Planetas (2017), personagem – Laureline.

Em 2015, Cara Delevingne interpretou a personagem “Mother Chucker” no videoclipe, Bad Blood, da Taylor Swift.

Além de participação em videoclipe, também já fez parceria musical com Pharrel Williams, para uma campanha da Chanel.

Pharrell Williams feat.bCara Delevingne – CC The World

Pharrel colaborou junto com ela no soundtrack para o filme Valerian e a Cidade dos Mil Planetas.

Cara Delevingne – I Feel Everything (From “Valerian and the City of a Thousand Planets”)

Agora vamos falar um pouco da vida pessoal da Cara. Ela assumiu sua bissexualidade em 2013.

Em uma entrevista para a revista Marie Claire, Cara falou sobre sua sexualidade, dizendo que passou anos negando sua atração por mulheres.

“Não queria se sentir diferente, mesmo que desde cedo sempre sentia que não pertencia.”

Cara Delevingne foi reconhecida pela Hero Award por apoiar a missão da organização de impedir o suicídio de jovens LGBTQ. Além dela ser defensora franca de causas próximas: saúde mental, direitos LGBTQ e conscientização ambiental.

Depois de muitas matérias publicadas, no começo de 2014, a atriz Michelle Rodriguez confirmou publicamente o seu relacionamento amoroso com Cara. No mês de maio, o namoro de Cara Delevingne com a atriz chegou ao fim. E, no começo de 2015, começou a namorar a cantora St. Vincent. O relacionamento chegou ao fim em setembro de 2016. Em agosto de 2018, Cara confirmou seu relacionamento com a atriz Ashley Benson. Cara + Ashley:

Ainda na entrevista com a revista Marie Claire, Cara fez um discurso e uma homenagem a Benson.

“Ela é uma das pessoas que me ajudou a me amar quando eu mais precisava” Quando ela e Benson foram fotografadas levando para casa uma caixa contendo um móvel erótico, Cara disse, após muito alvoroço: “Definitivamente, não de propósito. Eu não estou falando apenas de sexo por sexo. Estou falando de experiência, seja abuso ou confusão, positiva ou negativa. ”

Infelizmente, recentemente o relacionamento de dois anos das duas chegou ao fim. Cara fez uma entrevista para a revista Variety onde falou um pouco sobre reconhecer o preço de namorar alguém publicamente:

“Eu sempre me senti mal por alguém com quem já estive em um relacionamento”, diz ela. “É muito difícil manter a normalidade. Acho que é por isso que tenho tendência a manter minha vida privada muito mais privada agora, porque essa coisa pública pode realmente arruinar muitas coisas. ”

Cara também disse na entrevista que se identifica como Pansexual:

“Eu sempre permaneço, eu acho, pansexual”, diz ela, o que significa que ela é atraída por todos os sexos. “No entanto, alguém se define, seja ‘eles’ ou ‘ele’ ou ‘ela’, eu me apaixono pela pessoa – e é isso. Estou atraído pela pessoa”.

Curiosidade:

Cara afirmou em entrevista ao podcast “What’s the Tee?”, que teve dificuldade em aceitar sua sexualidade quando criança porque todas as princesas da Disney se relacionavam apenas com homens.

“Filmes, fantasias e livros foram tão incríveis para mim. Eu aprendi muitas lições com eles. Não com a Disney e com contos de fada. Foi por isso que nunca quis aceitar minha sexualidade, porque todas as princesas da Disney amam homens e é assim que é. Eu não vou ser princesa se não gosto”, disse.

Delevingne falou ainda que percebe que hoje existe uma aceitação maior em relação aos gays e também conversou com os apresentadores sobre sexo. Ela revelou que começou a ter relações sexuais aos 18 anos e que na cama prefere mulheres.

“Todo a relação de poder é muito interessante, mas acho que é diferente entre homens e mulheres. Eu sou sempre muito submissa com os homens. Sempre. Mas com as mulheres, sou o oposto”, disse.

Espero que vocês tenham gostado, queridos leitores!

Continuem acompanhando nosso site que mais conteúdos virão.

Bjs, Prika! <3

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja