Can: O boy gosta de mim, o que eu faço?

Can: O boy gosta de mim, o que eu faço?

Hello guys, como estão? Já tomaram água, comeram? O coração tá preparado? Afinal hoje temos o review dos episódios 6 e 7.

Anteriormente em Love By Chance… 

O Tin correu para o colo do bebê e recebe todo o conforto nas belas palavras do Can: “vou bater no seu irmão”.

Nosso macaquinho fala a frase que eu mesma já repeti várias vezes durante meus 23 anos, minhas irmãs podem ser chatas, mas se alguém fizer mal a elas eu não deixo barato. Então dá para entender a proteção que o Tin sente de alguém que acredita nele e sabe a verdadeira natureza do irmão. Já para Can, é difícil de entender que quem realmente faz mal é o próprio irmão.

Ele só quer colo.

E, depois desse momento fofo, os dois se despedem com mais um beijinho e seguem cada um para sua casa.

Ae resolve visitar o restaurante da mãe e vemos como a relação dos dois parece ter mudado um pouco desde LBC1. Além de que Ae é surpreendido pela visita dos amigos.

É não dá para negar que o Ae tem dado um baile no Pond no quesito comportamento né?! Mas, até que é justificável, uma vez que o mesmo está sofrendo pelo boy.

No meio de muita conversa fiada, umas bebidas e comidas, Pond e Mai logo percebem que aos poucos Ae tem voltado a ser aquele cara legal e comemoram postando foto juntos que é visto por….

ALERTA DE STALKER!

E, voltamos para o TinCan.

Ao dar uma pausa no treino, Can recebe uma mensagem do Tin dizendo: Estou te esperando aqui na frente.

Interpretação do Can: Estou mal, vem me ajudar.

Sabe aquele meme do: Já pensou no que se passa na cabeça dele? kkkk Eu queria muito entender a mente do Can. Mas o Tin acha fofo então quem sou eu para falar algo…

Tin descobriu que comida sempre ganha com o Can então, ao presentear com mais comida acaba dando outro beijo no rosto o Can, que solta:

Essa analogia não me faz nenhum sentido, mas ok.

Vamos falar do Techno…

E, na categoria de irmão mais sem noção vai para….. Technic.

Ao receber suborno do amigo Kenkla, o mesmo vai até o irmão entregar comida que o rapaz comprou para o P’No.

Numa troca rápida de ambientes, temos o Job, amigo do Can que entrou no time tentando subornar o capitão, no caso P’No, para poder jogar e conquistar a enfermeira e, com simples ingresso para o cinema, ele consegue, porém o plano é quase estragado, pois o macaquinho escutou tudo e também quer ir ao cinema.

Antes de ter seu acesso de pelancas, Tin que não suporta ver a intimidade do Can com os amigos, vai ao resgate e acaba convidando o mesmo para ir a sua casa ver filme.

Na casa do Tin, Can vê o sobrinho do rapaz e acaba logo falando mal do pai dele, que o defende assiduamente, levando Tin a falar que sabe diferenciar sua raiva do irmão das pessoas que estão envolvidas com ele, um verdadeiro exemplo de maturidade.

Mas, logo questiono sua maturidade ao deixar o Can e a criança tão próximas kkkkk

Admito, Can com criança é muito fofo.

Depois de um encontro como este, termina obviamente com mais uma declaração do Tin que FINALMENTE tem um beijo um pouco mais decente, já que Can abriu sua boquinha para ajudar kkkkkkkk

Mas o episódio não acabou aí não, fomos para a banda do Tum e eu quero saber, CADÊ O THARN na bateria?

E, descobrimos que o tal stalker do Ae é da banda dele e tem uma sutileza de um elefante que me deixa confusa: Ele quer o Ae ou quer o Tum, ou quer juntar o Ae com o Tum? Será que ele quer os dois?

E, como vimos na prévia da semana passada, o irmão do Tin quer saber sobre o Can, então merdas irão acontecer.

Para finalizar o sexto episódio, Can quer entender as declarações do Tin e vai perguntar logo para o nosso sofredor Ae, o que é o amor.

Ae responde que para ele o amor é o Pete. Confesso que me emocionou.

E, como é de praxe o final do episódio ter que terminar no momento tenso, dessa vez foi no pedido real e oficial do Tin:

Agora sim, vamos ao sétimo episódio.

E, a pergunta que não quer calar é, o que o Can respondeu!?

A que o Can é meio burrinho, amor.

Brincadeiras à parte, o Can não consegue saber o que está sentindo e é completamente normal não saber, mas isso não muda o fato de que ele sente algo e é por isso que está em dúvida.

Lembram na semana passada quando falei da sinceridade do Tin, gente a declaração que ele faz, falando que o Can é como o ar para ele, pois, em casa ele se sente que está sempre perto de se afogar, sem conseguir respirar, na boa é muito lindo. Contudo, o Can não entende essas metáforas. Então dica da Nana: Quando for falar algo complexo assim com o Can, leva papel e caneta (COLORIDA) para desenhar, pode ser mais fácil.

Tin só consegue se expressar desse jeito e o Can está vendo o seu amigo todo machucado por causa do amor, então o seu medo de se machucar igual a ele, além do fato de Tin querer dar aquele passo é algo muito grande para Can. Por isso que ele pede para ser apenas amigos.

Depois disso, ambos vão para casa chorar as pitangas e deixando os familiares (no caso do Can né?) sem entender.

São mais de 3 minutos contendo os dois, cada um em seu quarto se remoendo e sofrendo.

Tin sofrendo porque Can não quer ele, e Can sofre porque não entende que o Tin quer ele, e eu sofrendo por eles.

Se você também acompanhou LBC1 sabe que foi nesse momento do casal que acabou a série. Ou seja, agora seria a continuação. A partir de agora é tudo novo.

Então o episódio segue para o Ae, que está na cantina com o Pond e o Job. Gente, cadê a Samantha que também desapareceu da série?

Mas, voltando ao assunto, os três estão lá conversando, na verdade só o Pond e o Job, para variar, estão falando de meninas, mas o Ae logo corta o embalo do amigo ao lembrá-lo da namorada ChaAim. SIIIM! Eles ainda estão juntos.

E tudo muda de assunto depois que o Can chega com um ânimo terrivelmente baixo e sem fome.

Enquanto isso, o Tin recebe as cantadas nada sutil da demo disfarçada.

No campo, o treinamento fica mais intenso pois o campeonato está chegando ao fim.

“Me diga com quem anda que te digo quem és”, TODA MÃE / VÓ.

E, para ajudar nosso bebe, Can, Ae resolve ter uma conversa franca e o convence a ir atrás do Tin, porque ele falou que se pudesse, iria atrás do Pete. 

Mas, antes de mostrar Can indo até Tin e aumentar a ansiedade, vamos ter uma aproximação do Techno e Kenkla.

O menor esperou até que o mesmo finalizasse suas atividades para encontrar o maior, que logo tenta fugir, mas Kenkla quer falar e pedir perdão por ter mentido dizendo que o P’No que começou tudo, mas que não mentiu quando disse que gosta dele.

Vamos aplaudir o bom senso do Techno que lhe responde: 

Mas, que ainda assim permite que o menor te leve para casa.

Agora sim, voltamos para o Can atrás do Tin, mas o mesmo resolveu dar uma de bom moço e está acompanhado do demo disfarçado. Mas, ele não é facilmente iludido e assim que a demo pergunta se pode namorar com Tin, ele responde bem baixinho no ouvido dela que NUNCA NAMORARIA ELA.

Adivinha quem viu a cena sem escutar nada? Isso mesmo o Can.

E agora Can está louco tentando focar no futebol para não pensar no Tin, os companheiros ficam preocupados com essa mudança radical do amigo e logo o cupido, vulgo Ae, aparece.

Tin acaba por ver toda a mudança do Can no treino, Ae se aproxima do mesmo e tenta por um pouco de empatia para que os dois possam se resolver e, adivinhem só?

Temos uma pista sobre o que aconteceu com o Ae e o Pete. O pai do Pete ia expulsar o Ae da faculdade, mas Pete recorre ao Tin para ajudar ao amado, que ajuda o mesmo. Afinal, Pete e ele eram muito amigos. E, é essa a analogia que o Ae faz quando Tin pergunta do porquê ele estar o ajudando.

Ae finaliza a conversa chamando Tin para assistir o jogo de amanhã. Aquele jogo do primeiro episódio sabe!?
Que o Can entra para substituir o P’No, que se machucou. Aquele jogo que eles perderam e Can vai chorar no banheiro.

Aquele jogo que o Tin se aproxima do mesmo e o consola.

Terminando o episódio com os dois conversando abertamente e Can falando que não gosta quando o outro ri ou conversa com outra pessoa.

Sério, esse banheiro tem algum imã para casal né?

E a prévia para o próximo episódio tá 🔥🔥🔥🔥🔥🔥🔥

Insegurança é o que nos aguarda.

Beijos e Beijos Kim Nana.

Se você gostou dessa matéria, por favor, não deixe de curtir e expor a sua opinião. A sua interação é muito importante para a manutenção do site. Além disso, não se esqueça de seguir as nossas plataformas digitais. Lá, você tem acesso a todo o conteúdo produzido como notícias, capítulos de novels, trailers, reviews e tudo mais.

A Boys Love Brasil agora tem uma loja! Lá, você pode encontrar acessórios como camisetas, canecas e almofadas do seu dorama, grupo de k-pop ou anime preferidos. Se você ainda não conferiu, acesse clicando aqui.

Além disso, a BLB agora também possui uma editora! Se você tem interesse ou conhece escritores que produzem histórias, sobretudo LGBTQ e que gostariam de publicá-las online. Entre em contato conosco. Para acessar o site, clique.

Para acessar o site das Novels Boys Love, clique aqui.

Para acessar o nosso canal do Youtube, clique aqui.

Para nos seguir no Instagram, procure por: @boyslovebrasill ou clique aqui.

Para nos seguir no Facebook, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Para nos seguir no Twitter, procure por: @bloversbrasil ou clique aqui.Para nos seguir no Telegram, procure por: Boys Love Brasil ou clique aqui.

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja