Bissexualidade Panssexualidade: Não, nós não somos iguais!

Bissexualidade Panssexualidade: Não, nós não somos iguais!

Olá meus bombons de licor, tudo bem com vocês? Hoje nós vamos comentar sobre um assunto que causa bastante efeito no mundo LGBTQI+, a diferença entre Pansexualidade e Bisexualidade.

Para compreendermos, antes, é necessário ter o significado básico de ambas.
Pansexualidade: É um adjetivo de dois gêneros, de acordo com o dicionário, é alguém que expressa ou envolve a sexualidade de muitas formas diferentes.


Bissexualidade: É um substantivo feminino, de acordo com o dicionário, é alguém que expressa sua sexualidade de duas formas. O bissexual é a pessoa que sente atração, tem desejos e estabelece vontades sexuais com ambos os sexos (masculino e feminino).

Bissexualidade é frequentemente utilizado como termo ‘guarda-chuva’ que denota atração por pelo menos dois gêneros (os gêneros similares e os diferentes), dessa forma inclui todos os casos que não são de uma monossexualidade, outro uso comum é para referir-se a quem sente atração por apenas homens e mulheres, ambos os usos estão corretos. Tendo em vista o segundo uso, a polissexualidade é utilizada como forma de escapar das definições binárias de gênero, sendo então a pansexualidade a atração por pessoas independente do gênero delas. Para pessoas que querem incluir todas as sexualidades plurais e múltiplas, muitos usam multissexualidade, monodissidência e plurissexualidade.

O termo pansexualidade, segundo a psicologia, surgiu como um movimento para “quebrar o preconceito” contra pessoas transgênero que ainda existia na comunidade bissexual, muitas pessoas que se consideravam bissexuais ainda rejeitavam pessoas trans ou não-binárias — infelizmente, sabemos que esses casos ainda são bem recorrentes — tanto movimento quanto nas relações. A pessoa que se autodenomina pansexual sente atração por pessoas, independentemente do sexo, do gênero ou de como se apresentam ao mundo. Por exemplo: Mulher ou homem cisgênero: que se identifica com o gênero designado ao nascer. Homem ou mulher trans: que não se identifica com o gênero designado ao nascer. Não-binários: que não se limita aos gêneros masculino ou feminino. Andróginos: pessoas que possuem traços e características físicas que pareçam masculinas e femininas ao mesmo tempo. A pessoa pan sente atração apenas por pessoas capazes de consentir uma relação.

A definição de bissexualidade se encaixa no entendimento atual de, atração por mais de um gênero.

Bissexuais e pansexuais podem sentir desejo por qualquer quantidade de gêneros. Pessoas que sentem desejo por mais de um, de dois, por muitos, múltiplos ou todos os gêneros, podem identificar-se como bissexual ou pansexual (ou como qualquer outra coisa): a palavra que as pessoas usam para nomear a sua sexualidade não é indicativa do número de gêneros pelos quais elas podem sentir desejo. Pessoas bissexuais e pansexuais podem ser cisgêneras, transgêneras ou não binárias: O fato de alguém se identificar como bi ou pan não é indicativo de sua identidade de gênero.

Ser PAN OU BI depende das escolhas emocionais das pessoas, sendo que bissexual não se estende por todos os gêneros, mas para os gêneros com exceções que a própria pessoa põe, um exemplo é um alguém de sexo masculino que só se relaciona com pessoas de sexo masculino e feminino desde o nascer, mas que não se relacionaria com uma pessoa trans sendo essa definição dada a alguém dos sexos já mencionadas sem serem desde o nascimento. Já um pan se relaciona com pessoas independente do gênero, sexo ou atração, ele se relaciona com pessoas sendo quem elas são.

Atualmente convencionou-se que a diferença entre bissexualidade e pansexualidade é que, enquanto uma pessoa que se autodenomina bissexual reconhece os diferentes gêneros e os encara de forma diferente (podendo a percepção de diferenças levar a uma atração de diferentes graus conforme o gênero), uma pessoa pansexual sente atração por todos os gêneros sem fazer distinção, por isso é definida como atração independentemente do gênero. Há ainda pessoas que se consideram polissexuais e que, apesar de não sentirem atração por todos os gêneros (não se considerando pansexuais), não partilham da percepção da bissexualidade.

Bom meus bombons de licor, por hoje é só. Beijos e até a próxima!

Matéria por João Victor e Laysa Costa

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Vitória

Matéria necessária!


1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja