A pessoa que você deve amar é você mesmo – Holland

A pessoa que você deve amar é você mesmo – Holland

Olá anjos, tudo bem? Comigo está tudo bem e se caso não tiver com você, desejo melhoras!

Como todos já sabem ou não, em Junho é comemorado o mês do orgulho LGBTQ+ e para comemorar estamos com matérias especiais e a minha é de um certo cantor coreano super talentoso e assumidamente gay, Holland.

Acho que vocês já devem saber que a Coreia do Sul é um país bem fechado ─ Lê-se “mente fechada” ou “tradicional” ─ não só a Coreia, mas a Ásia em si. E isso afeta de maneira muito ruim o público LGBTQ+ desses lugares. Eu já ouvi muitos relatos de pessoas no YouTube que moram na Coreia, falando de como a sociedade de lá lida com isso e em 99,9% dessas estórias, quando cita por exemplo que um(a) coreano(a) está namorando alguém do mesmo sexo, eles reagem com surpresa ao saber daquela informação. Isso é um retrato de como a sociedade negligência esse público, como se os mesmos não existissem no país. Tem até casos de coreanos falarem que não existe LGBTQ+ na Coreia e que isso é “algo dos estrangeiros.”

Pois é, meus caros esse assunto é complicado falando-se de Coreia ou da Ásia em geral. Com tudo dito até aqui, vocês devem imaginar o que o Holland sofreu e sofre muito por ser assumidamente gay no seu próprio país. Agora que vocês já estão mais introduzidos nesse meio, vamos falar do assunto principal que é esse cantor ─ Lê-se bolinho ─ maravilhoso.

Seu nome é Go Tae-Seob, mas profissionalmente conhecido como Holland. Nasceu em 04 de Março de 1996, na Coreia do Sul. Holland teve uma época bem difícil na escola por conta de sua sexualidade. Essa que ele contou em segredo para seus amigos e os mesmos espalharam por toda escola, assim atraindo comentários de ódio para o menino. Porém, foi a partir disso que ele quis ser uma figura pública, para conseguir lidar melhor com sua sexualidade e por seus sentimentos em suas obras.

Nosso pequeno bolinho não tem nenhuma agência que o gerencie, sendo assim os gastos para fazer seu MV de debut, saiu de seu bolso através de um emprego que o mesmo ficou por dois anos.

O debut do Holland se deu, no dia 22 de Janeiro, com o single “Neverland” que deu uma certa “agitação” na indústria musical coreana, com atual ─ Presente momento ─ 13 milhões de acessos no YouTube.

https://youtu.be/IVzGsh0zRec

No MV o cantor contracena com um ator e deixa bem claro a relação homossexual presente no clipe. A música deixa explícito sua vontade de mudar-se (personagem da música) de onde está e ir viver em outro lugar, onde possa viver livremente e não ser julgado por amar quem ele quiser. O MV é bem produzido e as cenas do casal são extremamente fofas e de uma leveza enorme. Sua recomendação é de +19 por conter um beijo gay.

Lembro-me que quando o MV foi lançando, foi um sucesso por ele ser o primeiro idol coreano a ser assumidamente gay e seu MV rodar em volta da comunidade LGBTQ+. Ele possui muito mais fãs internacionais do que coreanos e ele acha que em relação a outros países, a Coreia não está prestando atenção nele ─ Não sabem o que estão perdendo ─, e aqui vai uma recomendação do próprio Holland de um filme LGBTQ+ que ele assistiu e gostou que é “The Danish Girl”. Assistam e vejam se é bom mesmo, beleza? Beleza.

Também temos algumas curiosidades sobre ele que não poderiam passar batidas, que é:
— Ele tem muitos fãs brasileiros, então ele disse que quer aprender Português;
— Ele se esforça para se comunicar com seus fãs internacionais em vários idiomas. Antes da sua estreia, Holland enviou um aviso em 4 idiomas: coreano, inglês, francês e japonês.
— Ele gosta de BTS, Coldplay e Bruno Mars;
— Seus filmes favoritos incluem “La La Land”, “Carol” e “Interstellar”;
— Seus animais favoritos são gatos e cachorros, mas ele tem alergia;
— Suas cores favoritas são preto, vermelho, branco e dourado;
— Ele não gosta de verão;
— Ele diz que não tem frescura com comida, mas que não gosta de comer cenoura crua;
— Ele gosta de músicas inglesas, especialmente músicas pop britânicas;
— Seu drama favorito é “My Love From The Stars”;
— Sua cantora favorita de K-pop é CL e seu cantor favorito de K-pop é G-Dragon;
— Holland quer fazer uma turnê em Brasil, Canadá, China, América do Sul, Europa, América e assim por diante;
— Ele não é bom em beber, mas acha que depende de sua condição corporal;
— Ele entrou na parada da Billboard e na parada do iTunes.

Interessante, né? Eu realmente queria que ele fizesse uma tour mundial. Seria bem legal e quem sabe ele não ganharia mais visibilidade? E eu também não gosto de verão rs.

Desde seu debut, ele lançou mais quatro MV’s (I’m So Afraid, I’m Not Afraid, Nar_C e Loved you better), o primeiro eu achei bem eletrônica, o segundo contracenando com um garoto e o terceiro também, porém com mais pessoas e estrangeiros, e olha, não vou te dar spoilers ─ Estou que nem os fãs de Vingadores ─ você tem que ver por si próprio e curtir as quatro músicas.

https://youtu.be/0V38cJ8t8cY

No começo desse ano, Holland, deu entrevista para a Vogue e lhe foi questionado sobre o que ele diria aos fãs LGBTQ+ ─ Um conselho aos meus olhos. ─ que queiram se assumir e o mesmo respondeu:

“Qualquer que seja a reação das pessoas ao seu redor, lembre-se sempre de uma coisa – mesmo que haja reações negativas, nunca pense nisso como sua culpa ou coloque culpa em si mesmo; nunca é sua culpa, você nunca fez nada de errado. Você é mais do que digno de amor. A pessoa que você deve amar é você mesmo, mais do que qualquer outra pessoa. Por favor, ame a si mesmo, não importa o quê.”

Palavras assim confortam, ajudam e guiam outras pessoas que até não podem o conhecer. Pregar sobre se amar hoje em dia é super importante, logo que atualmente doenças psicológicas seja o mal do século e que venha matando cada vez mais. Precisamos de mais artistas assim, que tenham coragem e orgulho de quem são. Esses sistemas da sociedade precisam ser quebrados e para isso eles devem ser confrontados para assim de fatos acabar.

Eu particularmente gosto muito dele e acho que ele merece mais reconhecimento dentro e fora da Coreia, pelo artista que ele é. O sigo a um tempo no Twitter e ele sempre se mostrou alguém super simpático e amigável. Aquele tipo de pessoa que você queira ser amigo ou pelo menos bater um papo — Me liga, migo e vamos conversar sobre minhas desilusões — e além disso, ele tem cara de ser um bom conselheiro rs.

Brincadeiras à parte eu espero que tenham gostado de conhecer um Holland um pouco mais!

Siga ele nas redes sociais e acompanhem o seu trabalho como um artista maravilhoso. Tenho certeza de que não vão se arrepender. Por hoje é só! Beijos e até uma próxima.

Texto de: Harumi Akihiko.

Compartilhar esta publicação

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Vitória

Sou apaixonada pelo Holland, precisamos de mais artistas LGBTs como ele.

trackback

[…] No nosso mês de orgulho desse ano, fizemos uma materia sobre ele, que você pode acessar aqui. […]


2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Optimized with PageSpeed Ninja