A de Assexual: você sabe o que é?

A de Assexual: você sabe o que é?

Olá meus bombons de licor, tudo bem com vocês?

Hoje nós vamos falar sobre a assexualidade e seus nuances. Mas antes, vamos dar uma olhada nas definições dessas orientações sexuais!

Uma pessoa assexual, é definida por alguém que não sente atração sexual por outras pessoas, seja de maneira parcial, condicional ou total.
Uma das principais dificuldades em falar sobre o assunto é a falta de conhecimento sobre a assexualidade. Em uma sociedade que é tão centrada no sexo e nas relações sexuais, não ter ou ter menos interesse em sexo causa um estranhamento na maioria das pessoas, é visto como algo extremamente anormal. Mas não é verdade. Assim como respeitamos (na maioria das vezes, digamos assim) o relacionamento gay, lésbico ou das demais letras da nossa sigla, LGBTQIA+, também temos de respeitar o relacionamento das pessoas assexuais.

Nós precisamos conversar sobre a vivência assexual e quebrar tabus e estigmas que os perseguem já!

Assim como as demais sexualidades, a assexualidade não é um espectro, existem nelas algumas “subdivisões” onde um determinado grupo se adequa mais, e estas são:

• Assexual Romântico

O assexual romântico é aquele que, apesar de não ter interesse na prática sexual com outra pessoa, pode ter interesse romântico. Ou seja, é a pessoa que pode se apaixonar ou que tem interesse por relacionamentos românticos. Os assexuais românticos podem ser heterorromânticos — por pessoas do sexo oposto — homorromânticos – por pessoas do mesmo sexo – birromânticos – interesse por pessoas de ambos os sexos – ou panromânticos – o interesse romântico ultrapassa a ideia binária dos gêneros.

• Assexual arromântico

Arromântico é aquele que não sente atração romântica ou que não possui interesse por relacionamentos românticos.

• Assexual litoromantismo

O litoromantico pode se apaixonar, mas esse sentimento costuma se manifestar de forma platônica e idealizada, não se materializando no mundo concreto.

• Assexual Demissexual

Não, essa não é uma atração apenas dela Demi Lovato! — Desculpem eu precisava fazer essa péssima piada.
O demissexual é aquele que só consegue sentir atração sexual por alguém se tiver grande conexão por essa pessoa.

• Assexual Gray-a

O gray-a pode sentir atração sexual em momentos e situações extremamente específicas, sem que essa especificidade esteja necessariamente relacionada à atração romântica ou não.

Um ponto interessante a se destacar é que a assexualidade não tem a ver com traumas ou doenças. Quando se levanta esse questionamento, é importante pensar que
uma pessoa pode não ter vontade e desejos, e apenas isso, sabe? A incompreensão vem da sociedade ser extremamente sexual. O sexo, desde sempre, é vendido como felicidade, como algo necessário em um relacionamento, como algo que você simplesmente não pode viver sem. E, na verdade, não é bem assim. Falar para um assexual que ele é ou se sente assim apenas porquê “não transou de jeito” é o mesmo que dizer a uma mulher lésbica que ela é assim pois “nunca teve um homem que te pegasse de jeito”, ou a um homem gay que ele é assim porquê “não encontrou a mulher certa”. O preconceito existe, e, muitas vezes, vem da própria comunidade LGBTQIA+. Respeite a vivência da pessoa assexual e não fique tentando rebater o que ela sente com frases fundadas e preconceito e achismos.

• A bandeira Assexual

A bandeira assexual tem as seguintes cores: preta, roxa, cinza e branca. Cada uma tem um significado especial.

Roxa: união dos diversos tipos de assexuais, ou seja, a comunidade assexual ao todo.
Preta: pessoas que não sentem atração sexual em nenhum caso.
Cinza: assexuais que só sentem atração sexual em situações específicas.
Branca: os que não são assexuais restritos, ou seja, que sentem atração sexual.

A Semana da Visibilidade Assexual ocorre todo ano de 23 a 29 de outubro. Este é um mês específico para trazermos a luz essas questões e vivências de pessoas assexuais, mas não o único. Falem sobre, comentem, estudem e parem de achismos!

• Indicação

Essa foi uma matéria bem básica, então para quem deseja saber mais sobre o assunto eu vou deixar um link, de um documentário muito interessante sobre assexualidade que está disponível no YouTube. Assistam “A área Cinza”, vale muito a pena!

Bom, meus bombons por hoje é só. Espero que tenham curtido e aprendido um pouco. Beijos e até a próxima.

Fontes: medium e comunidade assexual.

Compartilhar esta publicação

Comente e deixe a gente Feliz

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
%d blogueiros gostam disto:
Optimized with PageSpeed Ninja